Login Portal de Consultores

CRÉDITO
HIPOTECÁRIO FLEX

O Crédito Hipotecário Flex é uma solução de financiamento multifinalidade totalmente adaptável às suas necessidades.

Com este financiamento pode obter a liquidez necessária para os seus projetos pessoais, ou encontrar a solução ideal para juntar vários créditos e reduzir os encargos mensais.

Por forma a permitir prazos mais longos e taxas de juro mais baixas, este crédito é garantido por hipoteca sobre um imóvel à semelhança do crédito à habitação.

A nossa preocupação é dar resposta às suas necessidades.

Finalidades do Crédito
Hipotecário FLEX

Consolidação
de dívidas
Obras de
Imóvel
Despesas de
educação e saúde
Finalidades
Diversas

Vantagens
Únicas

Vantagens
Únicas


Pré-aprovação
em 24 horas

Taxa de juro
competitiva

Prazos até
30 anos

Redução dos
encargos mensais
(no crédito consolidado)

Financiamento
multifinalidades

Exemplos de
utilização do Crédito
Hipotecário FLEX

Cliente com vários créditos necessita de uma solução de CONSOLIDAÇÃO
para redução do valor das suas prestações mensais.


VALOR DOS
CRÉDITOS
PRESTAÇÃO
ATUAL
70 000€

20 anos, TAEG 2,637%
357€
25 000€

7 anos, TAEG 9,827%
403€
30 000€

8 anos, TAEG 10,978%
453€
7 500€

TAEG 16,6%
375€
Total 132 500€ 1577€
Duas diferentes Soluções FLEX para CONSOLIDAÇÃO
solução a

SEM transferência do
crédito à habitação

solução b

COM transferência do
crédito à habitação

357€ 257€

TAN 1,95%
Prazo 30 anos
**
483€

TAN 6,95%
Prazo 20 anos
*
373€

TAN 5,95%
Prazo 30 anos
***
Total 840€ Total 630€
*

TAEG 8,084%

**

TAEG 2,908%

***

TAEG 6,909%

Exemplo Representativo Exemplo Representativo

Exemplo Representativo

Exemplo Representativo

TAEG calculada com base numa TAN Fixa de 1,95% durante os primeiros 36 meses do contrato e, TAN Variável de 1,834% (Euribor 12 meses de fevereiro de 2019 de -0,116% e spread de 1,95%) para o prazo remanescente, para um empréstimo padrão de 70.000,00 EUR a 30 anos, para um titular com 40 anos de idade e rácio financiamento garantia de 48%. O financiamento é reembolsável em 360 prestações mensais de capital e juros no montante mensal estimado de 256,99 EUR durante os primeiros 36 meses e 253,32 EUR durante o prazo remanescente. Custo total do crédito 33.834,35 EUR e montante total imputado ao consumidor (MTIC) 103.833,90 EUR. Inclui: comissão de avaliação do imóvel, comissões iniciais, despesas de formalização do contrato, imposto do selo sobre a utilização do crédito e prémios de seguros vida e multirriscos.

TAEG calculada com base numa TAN Fixa de 5,95% durante os primeiros 36 meses do contrato e, TAN Variável de 5,834% (Euribor 12 meses de fevereiro de 2019 de -0,116% e spread de 5,95%) para o prazo remanescente, para um empréstimo padrão de 62.500,00 EUR a 30 anos, para um titular com 40 anos de idade e rácio financiamento garantia de 48%. O financiamento é reembolsável em 360 prestações mensais de capital e juros no montante mensal estimado de 372,71 EUR durante os primeiros 36 meses e 368,39 durante o prazo remanescente. Custo total do crédito 80.096,10 EUR e montante total imputado ao consumidor (MTIC) 142.596,10 EUR. Inclui: comissão de avaliação do imóvel, comissões iniciais, despesas de formalização do contrato, imposto do selo sobre a utilização do crédito e prémios de seguros vida e multirriscos.

TAEG calculada com base numa TAN Fixa de 6,95% durante os primeiros 36 meses do contrato e, TAN Variável de 6,834% (Euribor 12 meses de fevereiro de 2019 de -0,116% e spread de 6,95%) para o prazo remanescente, para um empréstimo padrão de 62.500,00 EUR a 20 anos, para um titular com 40 anos de idade e rácio financiamento garantia de 53%. O financiamento é reembolsável em 240 prestações mensais de capital e juros no montante mensal estimado de 482,69 EUR durante os primeiros 36 meses e 478,85 durante o prazo remanescente. Custo total do crédito 58.617,60 EUR e montante total imputado ao consumidor (MTIC) 121.117,60 EUR. Inclui: comissão de avaliação do imóvel, comissões iniciais, despesas de formalização do contrato, imposto do selo sobre a utilização do crédito e prémio de seguro vida.

As 5 fases do processo de contratação


  • Simulação
  • Pré-aprovação
  • Avaliação
  • Aprovação
  • Escritura

1. Simulação

Nesta fase, basta informar o Banco alguns dados, como montante, valor estimado do imóvel, prazo pretendido e tipo de taxa, para saber as características do empréstimo.

2. Pré-aprovação

Neste momento, para além da Proposta de Crédito, devidamente assinada pelo Cliente, a qual formaliza o seu pedido de crédito, o Banco pode dar-lhe informação sobre a potencial viabilidade do seu pedido. No entanto, ser-lhe-á solicitada documentação e/ou informação adicional, para avançar com o processo de aprovação.

3. Avaliação

O momento da Avaliação é fundamental, já que é nesta altura que se confirma se o valor do imóvel a prestar em garantia é suficiente para o empréstimo.

O imóvel será por isso alvo de uma avaliação, por parte de um perito Avaliador independente.

Caso o valor de avaliação seja diferente do inicialmente considerado na Simulação, as condições do financiamento podem ser alteradas.

4. Aprovação

Com o resultado da Avaliação, nesta fase o processo é revisto e é assegurado que os requisitos estão cumpridos.

Dá-se início à preparação da documentação, sendo-lhe entregue a Carta de Aprovação; a FINE de aprovação; e a Minuta do Contrato.

Terá um período de reflexão de pelo menos 7 dias, após o qual, e se estiver de acordo com as condições, deverá entregar ao Banco a FINE de Aprovação assinada para dar início à marcação e realização da escritura.

5. Escritura

Última etapa do processo.

A Escritura é marcada de acordo com a sua disponibilidade, e em conformidade com as características de empréstimo validadas na FINE de Aprovação.

Peça aqui a
sua simulação.

Se preferir ligue-nos para o 309 807 807 (entre as 09h e as 20h – dias úteis)

Ou envie um email para cliente.flex@bnieuropa.pt





* Esta simulação pressupõe a aceitação da política de privacidade do Banco BNI Europa e o tratamento dos seus dados.

* Concordo e aceito receber conteúdo de marketing de acordo com a política de privacidade.

Esta simulação não constitui garantia de concessão de crédito. A contratação das operações de crédito está dependente da sua prévia apreciação e decisão em sede de risco de crédito e da eventual constituição de garantias que o Banco BNI Europa considere idóneas, bem como, da verificação dos dados declarados pelo Cliente.

Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório
A sua mensagem foi enviada com sucesso
Ocorreu um erro no envio da mensagem, Por favor, tente novamente mais tarde.

Quer ser nosso Intermediário de Crédito?




* Aceito a política de privacidade do Banco BNI Europa e o tratamento dos seus dados.

* Concordo e aceito receber conteúdo de marketing de acordo com a política de privacidade.

Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório
A sua mensagem foi enviada com sucesso
Ocorreu um erro no envio da mensagem, Por favor, tente novamente mais tarde.

Perguntas
Frequentes

Download de
Documentos

O que é um crédito hipotecário?

Trata-se, tipicamente, de um crédito com um prazo longo, no qual, a hipoteca da casa é dada como garantia de reembolso.

Para além do crédito à habitação, existem outros créditos hipotecários, celebrados com os clientes e que estão sujeitos às regras do crédito à habitação. Assim, estão abrangidos por estas regras:

  • Os contratos de crédito que, não correspondendo a um crédito à habitação, estejam garantidos por hipoteca ou por outra garantia equivalente habitualmente utilizada sobre imóveis, como é o caso do crédito consolidado ou do crédito em que não esteja definido o fim a que se destina a quantia mutuada;
  • A locação financeira de bens imóveis para habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento.
O que é um crédito consolidado?
O crédito consolidado consiste num tipo de empréstimo que permite juntar diversos créditos que se tenha em simultâneo num só, agregando-os numa  só instituição de crédito. Permite reduzir os encargos com os créditos (numa única prestação) , através do alargamento do prazo e definição de uma taxa de juro mais favorável. Tal pode resultar num alívio do orçamento mensal.
O que é um crédito consolidado com hipoteca?
É um crédito cuja a garantia é um imóvel, sendo este objeto de hipoteca. Normalmente, os créditos hipotecários têm como garantia um imóvel livre de ónus e encargos. No entanto poderão ser, igualmente, aceites imóveis já com uma hipoteca.
Qual a Finalidade do Credito Hipotecário Flex?

O Crédito Hipotecário Flex é um financiamento de médio longo prazo, que pode ser concedido com as seguintes finalidades:

  • Consolidação total ou parcial de créditos existentes em OIC;
  • Obras do imóvel;
  • Despesas de educação e saúde;
  • Finalidades diversas (para obtenção de liquidez extra) Tal como o nome do produto indica, trata-se de crédito garantido por hipoteca (sobre imóvel) e que se destina a multifinalidades.
Quais as principais características do Crédito Hipotecário Flex?

Aceitam-se como garantia imóvel sem ónus e encargos ou com uma hipoteca;

  • Prazo até 30 anos;
  • Idade máxima de 80 anos, no final do prazo do financiamento;
  • Taxa de juros Fixa nos 3 primeiros anos e variável nos subsequentes.
O que é uma 2ª Hipoteca? O Banco BNI Europa aceita fazer 2ª hipotecas?
Sim. No Crédito Hipotecário Flex o Banco BNI Europa aceita 2ª hipoteca como garantia. Ou seja, disponibiliza um financiamento com garantia hipotecária, sobre imóvel que já tenha uma hipoteca registada a favor de outro Banco.
Quanto tempo demora analisar um pedido de financiamento?
A pré-aprovação de um pedido de crédito poderá ocorrer em 24h., podendo este prazo ser alargado, caso seja necessário o Banco solicitar informação/documentos adicional.
É possível juntar todos os créditos e ainda pedir liquidez adicional?
Sim, é possível e é umas das finalidades do Crédito Hipotecário Flex, desde que o valor do imóvel o permita.
É possível transferir o Crédito à Habitação e juntar todos os outros créditos num consolidado?
Sim, é possível.
Qual a diferença entre um crédito consolidado com e sem hipoteca?
A diferença entre um crédito consolidado com hipoteca e sem hipoteca é precisamente o facto do primeiro implicar a constituição de uma hipoteca sobre um imóvel, ao passo que o segundo não.
Um crédito consolidado com hipoteca habitualmente beneficia de prazos alargados (até 30 anos) e taxas de juro competitivas.
A quem se destina o crédito consolidado?
O crédito consolidado destina-se a quem tem pelo menos dois créditos contratados, a uma ou mais instituições financeiras, e pretende agregar tudo num só, pagando assim apenas uma prestação mensal.
Qual a diferença entre crédito consolidado com garantia hipotecária e um crédito pessoal?

Embora o crédito pessoal seja mais rápido implica também mais uma mensalidade no seu orçamento, tradicionalmente com taxas de juro mais altas.

Já no que se refere ao crédito consolidado com garantia hipotecária, este permite taxas de juro mais baixas – pois a garantia do imóvel garante uma maior segurança, prazos mais alargados – e apenas uma mensalidade.

Quais as Vantagens do crédito consolidado?

As vantagens são:

  • Apenas uma mensalidade para pagar num dia fixo do mês;
  • Redução da prestação mensal;
  • Alargamento do prazo de pagamento;
  • Só um credor;
  • Maior folga orçamental.
Quais as Desvantagens do crédito consolidado?

As desvantagens podem ser:

  • Processo mais dispendioso no início;
  • Ao aumentar o prazo poderá aumentar o montante total de juros suportados;
  • Penalizações pela amortização antecipada.
Qual a documentação que se tem que entregar no Crédito Hipotecário Flex?

Habitualmente, o processo divide-se em 5 fases: Simulação; Pré-aprovação; Avaliação; Aprovação; e Escritura

  • Simulação:Nesta fase será importante informar o Banco alguns dados, como montante, valor estimado do imóvel, prazo pretendido e tipo de taxa, para saber as características do empréstimo. Não é obrigatória a entrega de qualquer comprovativo.
  • Pré-aprovação:Neste momento, para além da Proposta de Crédito, devidamente assinada pelo Cliente, a qual formaliza o seu pedido de crédito, o Banco pode dar-lhe informação sobre a potencial viabilidade do seu pedido.No entanto, ser-lhe-á solicitada documentação e/ou informação adicional, para avançar com o processo de aprovação, tal como:
    • Documento de Identificação
    • Número de Identificação Fiscal
    • Últimos 3 recibos de vencimento ou últimos 6 recibos verdes
    • Última declaração de rendimentos
    • Extratos bancários dos últimos 3 meses
    • Informação CRC

    Nota 1: Esta documentação no momento de pré-aprovação pode não ser exigida na sua totalidade.

    Nota 2: Aplicável aos Fiadores quando os mesmos fazem parte do financiamento

  • Avaliação:
    • Caderneta Predial
    • Certidão do Registo Predial
    • Planta do imóvel
    • Orçamento para Obras (se aplicável)
  • Aprovação e Escritura:
    • FINE de Aprovação assinada
    • Ficha Técnica do imóvel
    • Licença de Utilização
    • Certificado Energético
    • Contrato de Mútuo duplicado devidamente assinado por todos os intervenientes
    • Seguro de Vida
    • Seguro Multirriscos
    • Documentação adicional que possa ser solicitada casuisticamente
Quais os custos associados ao Crédito Hipotecário Flex?
A contratação do crédito hipotecário tem custos associados à avaliação do imóvel, estudo do processo, Documento Particular Autenticado (Escritura), Registos e IS sobre o Crédito, conforme Preçário em vigor.
O crédito consolidado fica registado como um incidente no Banco de Portugal e impossibilita o acesso a posteriores créditos?
Não, o crédito consolidado fica apenas registado como crédito hipotecário. Ou seja, não é considerado incidente.
Num contrato de crédito hipotecário é obrigatória a constituição de Seguro de Vida?
Por lei o Seguro de Vida não é obrigatório. No entanto, na generalidade, os bancos impõem a contratação de um seguro de vida. Pode no entanto acontecer em algumas situações, isenção da constituição do mesmo, ou proceder ao seu parcelamento, quer para a totalidade dos mutuários, quer para apenas um deles.
Quais as coberturas do Seguro de Vida?

Os seguros de vida podem ser diferentes de seguradora para seguradora, sobretudo na oferta que lhes está associada. No entanto, podemos identificar duas modalidades:

  • IAD (Invalidez Absoluta e Definitiva)
  • ITP (Invalidez Total e Permanente)
A constituição de um Seguro Multirriscos é obrigatória quando o banco concede um crédito hipotecário?

Legalmente, todos os imóveis em regime de propriedade horizontal têm que ter seguro que proteja o imóvel pelo menos em caso de incêndio.

Os Bancos, por norma exigem a contratação de seguro multirriscos, o qual é mais abrangente, incluindo coberturas para outras catástrofes, tais como: incêndios; inundações; fenómenos sísmicos; roubo; aluimento de terras; tempestades; outros.

Qual o valor pelo qual é necessário constituir o seguro multirriscos?
Normalmente o montante a segurar é estabelecido com base no valor de reconstrução do imóvel. Sendo este inferior ao valor de mercado.
Quais os direitos e deveres do Cliente no Crédito Hipotecário?

Os direitos e deveres que assistem a um cliente estão devidamente explanados no site do Banco de Portugal.

Sucintamente e no que se refere aos direitos, o cliente tem direito a:

  • Receber informação pré-contratual, tal como FINE de simulação; FINE de aprovação, minuta de contrato; esclarecimentos sobre todas as dúvidas; e receber informação rigorosa sobre a avaliação realizada pelo banco dos potenciais riscos que o cliente corre ao contratar crédito
  • Receber informação no momento do contrato, como a minuta de contrato antes da sua assinatura e receber uma cópia do contrato no momento da sua contratação
  • Receber Informação durante a vigência do contrato, como sendo periodicamente o extrato detalhado com informação sobre a evolução do empréstimo
  • Proceder ao reembolso antecipado, seja total ou parcial, devendo para o efeito cumprir com o pré-aviso estabelecido na minuta contratual. No caso em apreço poderá estar implícito o pagamento de comissão por antecipação de reembolso
  • Período mínimo de reflexão de 7 dias, permitindo ao cliente analisar várias propostas

Quanto aos deveres, enumeramos que o cliente tem o dever de:

  • Contratação responsável do crédito
  • Analisar a informação antes de proceder à contratação do financiamento
  • Disponibilizar informação verídica à instituição de crédito
  • Cumprimento das cláusulas contratuais
O que é a Taxa de Esforço?

A taxa de esforço é a percentagem do rendimento total do agregado familiar destinada ao pagamento das prestações dos créditos contraídos.

Corresponde ao rendimento que se tem disponível para fazer face às despesas do dia a dia (tais como alimentação, transportes e combustível, educação e lazer) após o pagamento das obrigações mensais com créditos previamente contraídos.

Calcula-se da seguinte forma: Taxa de esforço = (Encargos financeiros / Rendimento Líquido Total do Agregado) x 100

O que é a FINE?

Trata-se da Ficha de Informação Normalizada Europeia.

A FINE consiste num documento de prestação de informação pré-contratual e normalizado. Deve ser entregue quando um cliente ou potencial cliente realiza uma simulação. O mesmo também deve ocorrer aquando da comunicação da aprovação do contrato de crédito.

De acordo com o Decreto-Lei n.º 74-A/2017, o principal objetivo é garantir ao cliente o direito à informação de forma clara e transparente sobre o produto bancário, desde que as condições propostas (Finalidade; montante; prazo; taxa; …) aos custos associados (Comissões de processo; Encargos com prémios de seguro; custos de escritura, …).

A FINE tem que ser entregue aos Fiadores?
Sim. Os bancos e entidades de crédito têm também a obrigação de facultar aos fiadores de crédito habitação uma cópia da FINE.
Quando é que a FINE tem que ser entregue?

A FINE deve ser disponibilizada ao cliente em dois momentos distintos:

  • Aquando da simulação do empréstimo – FINE de simulação;
  • Aquando da comunicação da aprovação do contrato de crédito – FINE de aprovação.
Quando é que o Contrato com Hipoteca pode ser assinado?

Com a entrada em vigor das novas regras, o cliente e o fiador têm um período de reflexaão de 7 dias contados a partir da apresentação dessa proposta. Só após este período o contrato pode ser assinado.

Com esta medida, pretende-se garantir que o consumidor e o fiador têm tempo suficiente para ponderar as implicações do crédito e tomar uma decisão esclarecida.

Qual o Regime Jurídico do Crédito Hipotecário?

O Decreto-Lei n.º 74-A/2017 é aplicável aos contratos de crédito hipotecário celebrados com clientes, o qual abrange:

  • os contratos de crédito para aquisição de habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento;
  • os contratos de crédito para aquisição ou manutenção de direitos de propriedade sobre terrenos ou edifícios já existentes ou projetados;
  • os contratos de crédito que, independentemente da finalidade, estejam garantidos por hipoteca, por outra garantia equivalente sobre imóvel ou por um direito relativo a imóveis;
  • e os contratos de locação financeira de bens imóveis para habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento.

O crédito consolidado consiste num tipo de empréstimo que permite juntar diversos créditos que se tenha em simultâneo num só, agregando-os num só banco ou instituição financeira. Permite reduzir a mensalidade e alargar o prazo de pagamento, ficando-se apenas com uma prestação. Tal pode resultar num alívio do orçamento mensal.

Peça a sua simulação